< Notícias & Insights

Tendências de UX & UI para os dias atuais

Os últimos dois anos foram longos e a pandemia ainda não acabou. Os designers em 2022 têm uma oportunidade única de reconstruir com uma nova perspectiva, incorporando tudo o que aprendemos desde o início da pandemia. Incluindo repensar as políticas de trabalho remoto até reconhecer o impacto não intencional dos produtos que construímos. 

Para que qualquer pessoa tenha sucesso no mercado pós pandêmico, ela deve entender as tendências e o que seu público-alvo deseja. A importância de entender as tendências de design de UX/UI não é diferente de entender como elas são importantes nas indústrias de moda ou restaurantes, como exemplos. Todos devem ouvir o que as pessoas querem, prestar atenção em como as pessoas usam um produto e criar conceitos bonitos, simples e fáceis de usar que façam um produto se destacar. (G1)

Tendências de UX/UI para os dias atuais


Pop-ups, notificações e outros widgets “chamadores de atenção” podem ser vistos pelos consumidores como básicos e irritantes. “Menos é mais” é provavelmente o slogan mais conhecido do movimento minimalista. Foi popularizado pelo arquiteto Ludwig Mies van der Rohe ao descrever a estética minimalista. O movimento minimalista em interfaces visuais começou em meados do ano 2000, com a intenção de priorizar o conteúdo. Um design minimalista significa projetar um aplicativo de forma que o usuário seja capaz de localizar todas as opções importantes facilmente sem ter que se esforçar para localizar a opção que o usuário está procurando. 

Um aplicativo simples é apreciado por todos, pois ajuda a navegar pelo aplicativo com facilidade e sem perder tempo. Como as pessoas têm menos tempo hoje em dia, torna-se ainda mais importante criar aplicativos que não levem muito tempo.

Mobile-First

Web design responsivo é um método de web design que permite que a web se ajuste às telas de diferentes dispositivos automaticamente, exibindo o conteúdo de uma maneira que as pessoas se sintam confortáveis. Isso reduz bastante as operações dos usuários, como panorâmica, zoom e rolagem ao navegar na web. Projetar variações móveis é um passo necessário que aumentará o tráfego para o site. Em 2021, a Statista informou que os dispositivos móveis representam mais de 54% das visualizações de páginas da web em todo o mundo. Já se foram os dias em que os consumidores pesquisam principalmente na web em seus laptops. Importantes pontos sobre Mobile First:

  • O uso de internet móvel ultrapassou o uso de desktops em 2016.
  • As pessoas passaram cada vez mais tempo na internet a partir de terminais móveis.
  • Desde de 2012, as vendas de smartphones superaram as vendas de PCs.

UX para dispositivos portáteis (wearables)

“Aproximadamente um em cada cinco adultos dos EUA (21%) diz que usa regularmente um smartwatch ou rastreador de fitness vestível, de acordo com uma pesquisa do Pew Research Center (O Centro de Pesquisa Pew, um grupo de especialistas, está localizado em Washington DC e fornece informações sobre questões, atitudes e tendências que estão moldando os EUA e o mundo. O PRC e seus projetos recebem verba do Pew Charitable Trusts).”

Relógios inteligentes, Fitbits, óculos inteligentes e fones de ouvido sem fio são apenas algumas das tecnologias vestíveis em ascensão. A tecnologia vestível fornece ao usuário uma nova sensação de conectividade e simplicidade perfeitas. 

Storytelling com UX

A estratégia de conteúdo é a elaboração e o desenvolvimento de todas as mensagens do produto. A escrita UX é uma especialidade dentro desta disciplina. Ele se concentra em ajudar os usuários a atingir seus objetivos com a linguagem. A linguagem ajuda o usuário a chegar onde quer. Ao focar no que o usuário deseja alcançar, a estratégia de conteúdo cria lealdade e confiança. Os escritores trabalham com designers para pensar sobre a hierarquia de informações na página. Isso orienta as ações do usuário. Escritores trabalham com pesquisadores para testar hipóteses sobre linguagem e informar nossos insights.

Incorporar rolagem parallax, micro animações e outras tendências de UX em combinação com storytelling é uma maneira poderosa e eficaz de se comunicar e se conectar ao seu público. (BBC)

Realidade virtual

Utilizando gadgets de realidade virtual (RV), por exemplo, HTC Vive, Oculus Rift ou Google Cardboard, os usuários podem ser transportados para vários mundos genuínos e situações previstas, por exemplo, o centro de um estado de pinguim estridente ou até as costas de um monstro.

RV é um divisor de águas na experiência do usuário. A RV mergulha totalmente o usuário em um ambiente interativo 3D. Os líderes do setor estão inovando novas maneiras para os consumidores usarem seus fones de ouvido.  (UOL)

Portanto, é nítido que o UX tem muito a ser explorado e por isso é relevante ter profissionais com foco no comportamento das pessoas para poder desenhar ferramentas, produtos ou serviços, pois o UX está em tudo. Essa abrangência fará com que novas especialidades surjam, muito em resposta às necessidades de cada setor. 

monte sua
equipe digital

Fale conosco

Conheça o autor

Peter Howard Wertheim & Dayse Abrantes - International Journalists
Peter Howard Wertheim & Dayse Abrantes - International Journalists

peter.howard@thebridge.social dayse.abrantes@thebridge.social Jornalistas Internacionais

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *