< Notícias & Insights

Diferenças entre Outsourcing e Staff Augmentation

Out” significa “fora” ou “de fora”. E “source” é “origem”, “fonte”. Assim, na tradução bem literal, outsourcing é a utilização de uma fonte externa – no mercado corporativo é também conhecida como terceirização. É a forma com que empresas subcontratam serviços, por exemplo, gestão ou contratação de talentos digitais, através de outra empresa para um determinado projeto ou período. 

No mercado de talentos especializados em Digital, esta é uma prática de contratação de profissionais especializados que estão externos a estrutura da empresa para realizar tarefas determinadas, desde conceituação, planejamento, definição, gestão ou criação de produtos digitais, por exemplo. 

Mas, afinal, o que é essa estratégia e por que tem sido cada vez mais adotada em iniciativas de Transformação Digital de companhias de diferentes tamanhos?

O Outsourcing é um grande aliado dos gestores  ao simplificar e agilizar o crescimento rápido das equipes, uma vez que, em muitos casos, através de terceiros é possível expandir seu time sem a necessidade de envolver as áreas de recursos humanos.

A redução dos custos fixos (CAPEX), que passam a representar custos variáveis de projeto (OPEX), também ajudam na obtenção de aprovação de stakeholders e C-Level da empresa, pois não dependem de disponibilidade de headcounts.

A estratégia conta com o trabalho de especialistas externos altamente capacitados em áreas específicas, como Design, Desenvolvimento de Software, Infraestrutura, Dados, Marketing Digital e Métodos Ágeis (Agile), formando os squads de produtos digitais.

Cada uma dessas áreas envolve ainda mais especialização. Usando o Design como exemplo, os times podem ser formados por Designers Estrategistas, de Produto, de User Experience (UX), de User Interface (UI), de Research (Pesquisa) e de Serviços. Sem mencionar as áreas de conhecimento que chegam a se confundir com tecnologia, como especialistas em Design Ops e Design System. 

Em questão de dias, não semanas ou meses, torna-se possível adicionar “Rock-Stars” às equipes de forma temporária ou permanente. O que os diferencia é sua vivência em diferentes ambientes, empresas e consultorias, acelerando os processos de inovação e potenciando o processo de transformação digital ou crescimento da organização. Além disso, os profissionais podem ser absorvidos para posições fixas na equipe do gestor no futuro

E, por fim, ao contratar uma empresa especialista em encontrar, selecionar e gerenciar os melhores talentos digitais, o gestor pode focar em seu core business. Menos tempo perdido, melhores resultados!

Fonte: brainub

E QUAIS SÃO AS VANTAGENS DO OUTSOURCING?

  1. FLEXIBILIDADE de RECURSOS. Especialistas sêniores em ação, levando menos tempo para concluir as tarefas e não sendo necessário utilizar os recursos da sua empresa.
  2. PRODUTIVIDADE. Com a contratação de uma empresa externa de profissionais de design e tecnologia, é possível trazer novas visões e permitir a seu time se concentrar nas atividades core da empresa, aumentando a eficiência das demais linhas de trabalho e podendo focar em tarefas indispensáveis.
  3. GESTÃO DE CUSTOS. Transformar CAPEX (Custos Fixos) em OPEX (Custos Operacionais ou de Projetos) reduz investimentos, facilita aprovações internas e aumenta a capacidade de adaptação a ambientes de incerteza.

A equipe é formada por pessoas confiáveis ​​que produzem em alta qualidade. Agora os processos internos estão bem estabelecidos, estão felizes com a forma como o modelo remoto está funcionando para eles.”

Stepan Suorov – Vice-presidente de engenharia – Studybe (Holanda)

STAFF AUGMENTATION

O Staff Augmentation significa “aumento da equipe” e é uma especialidade dentro do modelo de Outsourcing. Trata-se de uma ferramenta muito poderosa para qualquer organização, mas muitos não conhecem suas diferentes possibilidades e como escolher o modelo mais adequado.

Atualmente, uma das tendências significativas em mercados com alto grau de imprevisibilidade em todo o mundo é o crescimento terceirizado das equipes de profissionais especializados em Design e Tecnologia.

Devido aos impactos de mercado causados pela pandemia do novo Coronavírus, os gestores passaram a planejar em cenários mais curtos (6 meses em vez de anualmente), precisando buscar modelos de adaptação e flexibilidade.

Há uma ampla variedade de cenários em que as empresas aproveitam o Staff Augmentation, incluindo:

Fonte: toptal.com

A maioria das organizações usa uma combinação de fornecedores e modelos, dependendo de suas necessidades. Quando você pensa em aumentar sua equipe, é essencial determinar o que você quer realizar e o que é mais importante. Se você estiver procurando por um especialista UX Sênior, por exemplo (uma habilidade bastante requisitada), priorizar somente a velocidade e custo não seria recomendável. Experiência e skillsets específicos são cruciais.  

Com uma ampla variedade de modelos de soluções de staffing disponíveis para as organizações, é essencial avaliar os prós e contras de cada modelo com as suas necessidades mesmo antes de selecionar um provedor adequado.

The Bridge
Especialistas em profissionais de design e tecnologia estão à disposição para esclarecer suas dúvidas. Quer saber mais sobre esses assuntos? 

Entre em contato com nossos especialistas:

Marcos Alves, General Manager, Brasil

Fale com Marcos

Bernardo C Wertheim, CEO, Latam 

Fale com Bernardo

Conheça o autor

Ana Luiza Carvalho

Fale comigo
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *